SiSU 2017

Sisu 2017: Chamada Lista de Espera 16 de fevereiro

15 de fevereiro de 2017
Sisu 2017: Chamada Lista de Espera 16 de fevereiro
Avalie esta postagem

Sisu 2017: Chamada Lista de Espera 16 de fevereiro, conforme informações do MEC, as convocações para os candidatos não aprovados na chamada regular terão início amanhã.

Sisu 2017: Chamada Lista de Espera 16 de fevereiro

As chamadas referentes à Lista de Espera serão realizadas pelas universidades e institutos federais com vagas ociosas; conforme a necessidade, as chamadas subsequentes também serão realizadas pelas próprias instituições.

Os candidatos que manifestaram interesse em participar da lista de espera dentro do prazo; deverão ficar atentos e fazer o acompanhamento das chamadas junto a instituição de oferta da vaga, tanto pelo site na internet como pelo atendimento telefônico.

Se houver convocação, inclusive daqueles que haviam sido aprovados e matriculados na segunda opção de curso escolhida no Sisu; haverá um prazo para entrega da documentação exigida e efetivação do registro acadêmico junto à Instituição. As datas, locais e horários de atendimento também serão informados pelas respectivas Instituições.

Vale lembrar que o candidato que perder o período de apresentação dos documentos perderá não terá direito à vaga conquistada no Sisu; que será repassada a outro concorrente classificado em posição posterior.

Vagas oferecidas Sisu 2017 primeira edição

De acordo com o MEC, em relação à primeira edição de 2016 do Sisu; o processo do primeiro semestre de 2017 foi superior, ao alcançar aproximadamente a oferta de 238 mil vagas nas universidades e Institutos federais de educação.

Acesse outros vestibulares que estão disponíveis para 2017.

Universidades mais procuradas Sisu 2017

Entre as 131 instituições que ofereceram cursos para o processo seletivo do Sisu, de acordo com o MEC as mais procuradas foram:

-Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com 171.825 inscrições para 6.279 vagas;

-Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com 144.322 para 6.952;

-Universidade Federal do Ceará (UFC) com 140.849 para 6.288);

-Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com 131.899 para 2.418;

-Universidade Federal de Goiás (UFG), com 130.077 para 6.365;

-Universidade Federal da Bahia (UFBA) com 118.998 para 4.442);

-Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com 117.315 para 4.917;

-Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com 117.256 para 7.790),

-Universidade Federal Fluminense (UFF), com 112.841 para 5.032).

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply