Enem

Enem: alterações serão de acordo com Novo Ensino Médio

16 de fevereiro de 2017
Avalie esta postagem

Enem: alterações serão de acordo com Novo Ensino Médio; e de acordo com Mendonça Filho, uma mudança mais substancial no formato e no conteúdo do Enem só acontecerá a partir da edição de 2019; ano em que, segundo estimativas do MEC; a maioria das escolas brasileiras terá se adequado às mudanças aprovadas no Novo Ensino Médio.

Enem: alterações serão de acordo com Novo Ensino Médio

De acordo com Mendonça filho é “evidente que o Enem tem de se adequar a essa nova realidade; mas quero tranquilizar os estudantes que estão se preparando para o Enem 2017 e também 2018 que nenhuma mudança ocorrerá, do ponto de vista de conteúdo, de forma repentina”, disse Mendonça. “Diria que a mudança mais substancial no formato e no conteúdo do Enem se dará a partir de 2019 […]. Temos que integrar o Enem, que é o reflexo da aprendizagem do aluno ao longo do ensino médio”, completou o ministro.

Abaixo os  principais pontos para o Novo Ensino Médio:

O Novo Ensino Médio permite que as escolas possam escolher como ocuparão 40% da carga horária durante os três anos do ensino médio; pois 60% será composto de conteúdo mínimo obrigatório; que será regido pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC), que ainda está em debate.

Os 40% de carga horária flexibilizada deverá oferecer aos estudantes pelo menos uma das cinco áreas de interesse que são:

1-linguagens e suas tecnologias;

2-matemática e suas tecnologias;

3-ciências da natureza e suas tecnologias;

4-ciências humanas e sociais aplicadas;

5-formação técnica e profissional.

O ensino de português e de matemática será obrigatório ao longo dos três anos juntamente com inglês, artes, educação física, filosofia e sociologia.

 Escolas em Tempo integral

Outro objetivo da reforma do Ensino Médio é incentivar o aumento da carga horária para cumprir a meta 6 do Plano Nacional de Educação (PNE); que prevê que, até 2024, 50% das escolas e 25% das matrículas na educação básica (incluindo os ensinos infantil, fundamental e médio) estejam no ensino de tempo integral.

No ensino médio, a carga será ampliada 1,4 mil horas anuais. Atualmente, o total é de 800 horas por ano, de acordo com o MEC.

O prazo para as devidas alterações será de no máximo 5 anos; para que  todas as escolas de ensino médio do Brasil se adequem à  carga horária anual de pelo menos mil horas.

Alterações Ensino Técnico

Atualmente, o estudante que almeja uma formação técnica de nível médio precisa cursar 2,4 mil horas do ensino médio regular e mais 1,2 mil horas do técnico. Com a alteração, o jovem poderá optar por uma formação técnica profissional dentro da carga horária do ensino médio regular e; ao final dos três anos, receber os dois certificados.

Os estados e o Distrito Federal organizarão seus currículos a partir da BNCC e das demandas dos jovens; que terão melhores chances de fazer suas escolhas e construir seus projetos de vida.

Disciplinas Obrigatórias Novo Ensino Médio

Além dos componentes curriculares previstos na BNCC, o novo ensino médio prevê a obrigatoriedade das disciplinas de língua portuguesa, matemática e língua inglesa ao longo dos três anos.

Acesse outros vestibulares que estão disponíveis para 2017.

Conheça outras Universidades e Institutos Federais de Educação que utilizam o Sisu para ingresso em seus diversos cursos.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply