Enem 2017

Enem 2017: Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição?

10 de maio de 2017
Enem 2017: Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição?
5 (100%) 1 vote

Enem 2017: Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio, que abre as portas das universidades públicas brasileiras?

Enem 2017: Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição?

Abaixo os candidatos que terão direito à isenção da taxa de inscrição, que nesta edição é no valor de R$ 82,00.

Concluintes do ensino médio

Estudantes matriculados na rede pública de ensino e que atualmente estão cursando o terceiro ano do ensino médio são isentos do pagamento de forma automática. Não será preciso gerar boletos ou comprovar nenhuma informação.

Família de baixa renda

A Lei 12.799/2013 permite que pessoas de famílias que tenham renda per capita de até um e meio salário-mínimo, e que tenham cursado o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada, recebam isenção no pagamento de taxas de vestibulares, concursos e processos seletivos.

Família inscrita no CadÚnico

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um sistema do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS) de identificação das famílias brasileiras de baixa renda, que centraliza a informação das pessoas beneficiadas por programas sociais como o Bolsa Família.

De acordo com as regras do Enem 2017, é considerado apto a receber a isenção o candidato de famílias com renda per capita de até meio salário mínimo, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Conforme informações do MEC, ao contrário do Enem 2016, neste ano os candidatos que estão inscritos no CadÚnico terão que inserir seu Número de Identificação Social (NIS) no sistema de inscrição do Enem.

O NIS é o equivalente ao número do Programa de Integração Social (PIS) para beneficiários de programas sociais, e pode ser consultado em agências da Caixa Econômica Federal.

Com o NIS, o sistema fará o cruzamento de dados e comprovará a situação socioeconômica da família. Neste caso, é considerado apto a receber a isenção o candidato de famílias com renda per capita de até meio salário mínimo, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Recuperação de senha Enem 2017

De acordo com informações do Inep, agora, há uma lista de informações que serão exigidas para recuperar o acesso; que mudará aleatoriamente a cada solicitação de troca de senha. Na primeira solicitação será possível cadastrar um novo e-mail utilizando número do CPF, e-mail, telefone celular e nome completo da mãe. Na segunda solicitação poderá ser necessário informar o RG, por exemplo. A cada tentativa haverá uma solicitação diferente, de forma que o sistema dificultará os possíveis problemas com senhas e acessos indesejáveis.

O candidato ao responder as questões corretamente, poderá escolher um novo endereço de e-mail e um novo número de telefone para receber uma senha temporária. Após o recebimento da senha temporária, o candidato deverá cadastrar a nova senha. Ao mesmo tempo, o sistema encaminhará, no e-mail antigo, um e-mail automático alertando sobre a mudança. De acordo com o Inep, o e-mail também avisará que, caso o candidato não tenha solicitado a alteração, ele deverá entrar em contato com o referido órgão.

Dicas para Inscrição Enem 2017

O candidato deverá ainda ter em mãos o CPF e RG para iniciar sua inscrição; porque cada tela do sistema fica ativa por até dois minutos. Após esse período se não houver qualquer ação, o sistema avisará ao participante que o sistema se tornará inativo nos próximos segundos. Veja mais detalhes para realizar sua inscrição.

As inscrições poderão ser feitas até 23h59 do dia 19 de maio, exclusivamente pelo endereço enem.inep.gov.br/participante. O boleto deverá ser pago até o dia 24 de maio.

Cronograma Enem 2017

Balanço das inscrições divulgado pelo MEC no dia 9 de maio:

 Acre: 9.328 (0,7%)

Alagoas: 21.649 (1,6%)

Amazonas: 32.052 (2,4%)

Amapá: 7.987 (0,6%)

Bahia: 97.909 (7,4%)

Ceará: 83.466 (6,3%)

Distrito Federal: 29.991 (2,3%)

Espírito Santo: 28.596 (2,2%)

Goiás: 46.041 (3,5%)

Maranhão: 40.893 (3,1%)

Minas Gerais: 134.148 (10,1%)

Mato Grosso do Sul: 17.560 (1,3%)

Mato Grosso: 27.224 (2,1%)

Pará: 54.290 (4,1%)

Paraíba: 35.346 (2,7%)

Pernambuco: 81.941 (6,2%)

Piauí: 22.067 (1,7%)

Paraná: 53.403 (4,0%)

Rio de Janeiro: 108.088 (8,1%)

Rio Grande do Norte: 30.132 (2,3%)

Rondônia: 14.884 (1,1%)

Roraima: 3.909 (0,3%)

Rio Grande do Sul: 62.512 (4,7%)

Santa Catarina: 25.013 (1,9%)

Sergipe: 18.738 (1,4%)

São Paulo: 229.673 (17,3%)

Tocantins: 10.898 (0,8%)

Total: 1.327.738 (100,0%)

Dicas de Estudo Enem e Vestibulares:

–Dicas de Estudo para Biologia;

–Dicas de Estudo para Física;

–Dicas de Estudo para Química;

–Dicas de Estudo para Matemática;

-Dicas Ciências da Natureza;

-Dicas Barragem de Mariana.

Acesse outros vestibulares que estão disponíveis para 2017.

Conheça as Universidades e Institutos Federais de Educação que utilizam o Sisu para ingresso em seus diversos cursos.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply